Encontro/Reflexão sobre deficiência visual e a temática da inclusão social

30-10-2018
Encontro/Reflexão sobre deficiência visual e a temática da inclusão social
A Biblioteca Municipal da Lourinhã recebeu esta tarde um encontro/reflexão acerca da deficiência visual, no âmbito do 5.º aniversário do Gabinete de Apoio à Deficiência Visual de Torres Vedras (GADV).

O GADV é um projeto do Município de Torres Vedras, que rapidamente se estendeu aos concelhos vizinhos (Lourinhã, Sobral de Monte Agraço, Mafra e Bombarral), e com o qual o Município da Lourinhã tem colaborado ao apoiar a participação de lourinhanenses nas atividades e iniciativas organizadas.

Este encontro surge ainda na Semana da Visão e reuniu os vereadores responsáveis pela área em três concelhos: José Tomé (Município da Lourinhã), Ana Umbelino (Torres Vedras) e Carla Alves (Sobral de Monte Agraço). O vereador e vice-presidente do Município da Lourinhã, José Tomé, abriu a sessão, realçando a importância deste projeto e o facto de ajudar os responsáveis políticos a irem de encontro às necessidades de integração de pessoas com deficiência visual.

"A ignorância, muitas vezes, leva-nos a não fazer as coisas. O problema não é o dinheiro porque às vezes são necessárias apenas pequenas coisas para tornar os territórios mais inclusivos. Trata-se, muitas vezes, de não sabermos quais são as necessidades e este gabinete ajuda-nos nesse sentido porque nos coloca em contacto com as pessoas com deficiência visual", afirmou o responsável.

Já Ana Umbelino, frisou que é necessário "aumentar a consciência e sensibilização" e realçou que "há muito a fazer, principalmente na inclusão no mercado de trabalho". A vereadora da Câmara Municipal de Torres Vedras falou ainda do GADV como um projeto para uma minoria, que tinha tudo para não ter evoluído dentro da estrutura, por se tratar de um gabinete dirigido a poucas pessoas. Contudo, realçou a persistência e os frutos que, agora, 5 anos depois, são alcançados através de iniciativas e obras, como as executadas recentemente em Torres Vedras no sentido de aumentar a mobilidade de deficientes visuais nas ruas da cidade.

Carla Alves, vereadora do Município de Sobral de Monte Agraço, salientou que tem tentado "desbravar este caminho, que não é fácil e é feito de avanços e recuos". Felicitou ainda o GADV e afirmou que o "trabalho entre municípios, autarcas e população conseguirá certamente tornar a sociedade mais inclusiva".

E foi precisamente do Sobral de Monte Agraço que veio um dos oradores da tarde, Pedro Nogueira, Presidente da Associação Cabra Cega, que abordou a importância da formação em Tecnologias da Informação e da Comunicação na integração socioprofissional de pessoas com deficiência visual.

Já Jorge Leite, presidente da Associação Nacional para a Inclusão dos Cidadãos com Deficiência Visual, abordou o tema "As políticas de inclusão nos cidadãos com deficiência visual".


  •   Menu acessível
  • Promotor Oeste Portugal
  •   Oeste CIM
  • Co-financiamento Compete
  •   QREN
  •   União Europeia
Powered by Powered by U-LINK
2006 - 2018 © Câmara Municipal da Lourinhã - Todos os Direitos Reservados.