Agenda do CIBV para 2019 surpreende pela diversidade

25-01-2019
Agenda do CIBV para 2019 surpreende pela diversidade
A Agenda Cultural do Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro (CIBV) para 2019 foi apresentada este sábado, no Vimeiro, e reúne uma programação diversificada, com eventos culturais, desportivos, atividades para crianças e muito mais.

Este ano a agenda do CIBV é comemorativa dos 250 anos do nascimento de Napoleão e Wellington, tema que deu o mote para a encenação teatral que iniciou este evento de apresentação da programação deste espaço museológico, situado no Vimeiro. A encenação, intitulada "Napoleão e Wellington e a Batalha Que Nunca Aconteceu", destacou-se pela forma cómica e descontraída como foi abordada a história dos dois rostos da Guerra Peninsular, destacando curiosidades e as imensas coisas que os dois tinham em comum. A peça contou com a participação dos atores Ana Rosa Abreu e Nuno Crespo e ainda o contributo especial do Grupo de Teatro T'AMAL e do Grupo de Danças Históricas da Batalha do Vimeiro. 

De seguida, houve tempo para uma palestra intitulada "Turismo Inclusivo", que ficou a cargo de Ana Garcia, da Accessible Portugal. Uma palestra antecedida por uma intervenção do vereador em regime de permanência responsável pela área do Turismo e Competitividade, João Serra. O autarca revelou que o CIBV vai entrar brevemente em remodelações, que têm como principal objetivo torná-lo acessível e inclusivo, respondendo às necessidades de adaptação para pessoas com mobilidade reduzida, mas também adaptando-o a pessoas com qualquer outro tipo de deficiência ou constrangimento, eliminando barreiras físicas e também adaptando os conteúdos para que todos possam desfrutar deste espaço museológico. Esta obra nasce de uma candidatura a uma linha de apoio do Turismo de Portugal, no âmbito do programa "Portuguese - All For All", em que o CIBV foi contemplado com uma verba de 180 mil euros para que possa tornar-se, nas mais variadas formas e plataformas, num espaço inclusivo e acessível, como explicou Ana Garcia, da Accessible Portugal, especificando alguns dos passos que serão dados nesse sentido: tornar o site acessível a todos, reorganização do espaço e das temáticas, conteúdos em português, inglês, espanhol e francês, informação em braille, sinalética acessível no interior e exterior, piso tátil e plantas com relevo, instalações sanitárias acessíveis, balcões de atendimento acessíveis, plataforma elevatória, monitores com vídeos explicativos para a comunidade surda, audioguias com audiodescrição e réplicas de armas táteis.
"O objetivo é tornar o CIBV num exemplo de acessibilidade", acabou por dizer a representante da Accessible Portugal. Depois disso, João Serra revelou ainda que o objetivo é tornar não só o CIBV mas todo o concelho da Lourinhã, num exemplo no que toca à inclusão e acessibilidade, antecipando desde já algumas mudanças de fundo neste sentido em todo o território.

Por fim, foi apresentada a agenda cultural, que pode consultar aqui. Esta agenda inclui atividades infanto-juvenis, concertos, workshops, palestras, e muitas outras surpresas. Entre as novidades, está o Concurso Escolar “1769-2019: 250 Anos do Nascimento de Napoleão e Wellington”. Este concurso foi lançado no início do ano letivo 2018/19 e consiste na produção de conteúdos relacionados com o tema que dá nome à iniciativa.

Os alunos desafiados a participar foram todos os dos dois agrupamentos de escolas do concelho da Lourinhã e ainda os das IPSS com creche e jardim de infância. O regulamento prevê ainda o convite a uma instituição de ensino de fora do concelho, sendo que este ano foi convidado a participar o Externato de Penafirme.

O concurso tem cinco escalões, que se dividem entre ensino pré-escolar e 1.º ciclo do ensino básico (1.º e 2.º escalões), 2.º e 3.º ciclos do ensino básico (3.º e 4.º escalões) e ensino secundário (5.º escalão). Os dois primeiros escalões foram desafiados a apresentar trabalho no âmbito das artes visuais, o 3.º e 4.º escalões participam através da produção escrita e o ensino secundário através da produção de conteúdos multimédia.

O concurso prevê a atribuição de prémios monetários, a cada um dos escalões, para o 1.º (100 euros), 2.º (75 euros) e 3.º (50 euros) classificados. Os prémios são entregues no evento Recriação Histórica & Mercado Oitocentista, que tem data marcada para os dias 19, 20 e 21 de julho.
Pode acompanhar o trabalho desenvolvido no CIBV ao longo de todo o ano através da página de Facebook.



  •   Menu acessível
  • Promotor Oeste Portugal
  •   Oeste CIM
  • Co-financiamento Compete
  •   QREN
  •   União Europeia
Powered by Powered by U-LINK
2006 - 2019 © Câmara Municipal da Lourinhã - Todos os Direitos Reservados.