Reciclagem no Município da Lourinhã atinge valor mais alto de sempre

17-01-2019
Reciclagem no Município da Lourinhã atinge valor mais alto de sempre
O Município da Lourinhã registou ao longo do ano de 2018 o valor mais alto de sempre no que respeita à reciclagem e desvio de resíduos dos aterros, atingindo os 57 quilos anuais por habitante.

A revelação deste dado surge após a Valorsul, empresa responsável pelo tratamento e valorização dos resíduos urbanos de 19 municípios das Regiões de Lisboa e Oeste, ter anunciado o cumprimento de todas as metas ambientais impostas pelo Estado Português no que respeita à reciclagem e desvio de resíduos dos aterros, atingindo também um valor histórico a nível global.

Os valores de reciclagem registados pela Valorsul em 2018 mostram um aumento em todos os materiais: vidro, papel, cartão, plástico e metal. No total, entraram nos Centros de Triagem da empresa mais nove mil toneladas de material do que em 2017, atingindo assim um recorde de recicláveis recebidos apenas num ano.

Cada habitante da região acompanhada pela Valorsul enviou, em média, 50 quilos de materiais para reciclar - 5 quilos acima do último registo e a superar desde já a meta apontada para 2020. Um valor bastante positivo e ainda assim ultrapassado pelo concelho da Lourinhã, o que o coloca numa posição de destaque entre os 19 municípios associados à Valorsul.

Este crescimento acentuado deve-se a vários fatores:

- Forte investimento da Valorsul na recolha seletiva, através da distribuição de mais de 1500 ecopontos - 91 deles no Municipio da Lourinhã;

- Reforço que o Município fez nas equipas afetas ao processo da reciclagem, sendo hoje responsável pela entrega direta destes resíduos valorizáveis em cerca de 29% do seu total;

- Aposta no Depósito Temporário (DTR), que sofreu recentemente melhorias, com o objetivo de apoiar e potenciar a deposição seletiva de resíduos sólidos urbanos como papel/cartão/vidro, plástico, metais e sucatas, monos domésticos, madeiras, resíduos verdes e resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos. Desde março de 2018 já recebeu 45 toneladas de resíduos recicláveis e cerca de 112 toneladas de madeira (monos domésticos), evitando assim que estes fossem depositados na via pública;

- Iniciativas promovidas com a Valorsul na organização de Eco Eventos/festas concelhias (2400 quilos de recicláveis recolhidos), ao Programa Ecovalor/escolas e IPSS (20 toneladas de papel e 2 400 sacos de plástico e metal nas escolas e IPSS locais) - e ao Programa "Compostar, outra forma de reciclar" - onde foram distribuídos 223 compostores domésticos em sessões espalhadas por todo o concelho;

- Iniciativas da Valorsul, apoiadas pelo Municipio nas campanhas "É só um Quilo" e "Comércio a Reciclar" ao concelho, com a distribuição de kits de reciclagem no comércio local e vales para levantar estes kits nas caixas do correio dos habitantes residentes nas zonas onde foram instalados os novos ecopontos.

O Município da Lourinhã agradece a todos os habitantes e visitantes do concelho cada uma das 1495 toneladas de recicláveis recolhidas em 2018 e realça ainda o empenho demonstrado e provado através destes números, confiante de que em 2019 continuaremos juntos e a ser uma referência na área ambiental, reduzindo e reciclando cada vez mais.


  •   Menu acessível
  • Promotor Oeste Portugal
  •   Oeste CIM
  • Co-financiamento Compete
  •   QREN
  •   União Europeia
Powered by Powered by U-LINK
2006 - 2019 © Câmara Municipal da Lourinhã - Todos os Direitos Reservados.