Apresentação de resultados da 4.ª edição do OPL

18-09-2018
Apresentação de resultados da 4.ª edição do OPL
O Salão Nobre dos Paços do Município recebeu esta segunda-feira, dia 17 de setembro, a apresentação de resultados da 4.ª edição do Orçamento Participativo da Lourinhã (OPL). Uma sessão muito participada, onde se premiou os proponentes dos projetos mais votados de cada patamar e se deu destaque a todos os que apresentaram propostas e se mantiveram ativos ao longo de todo o processo, participando nas várias ações promovidas pela equipa responsável pelo OPL.

A sessão começou com a intervenção do vice-presidente da Câmara Municipal da Lourinhã, José Tomé, que destacou o facto do Município da Lourinhã ser fundador da Rede de Autarquias Participativas, que integra hoje mais de 60 municípios. “Quer dizer que nós, como nesta e outras situações, temos tido a preocupação de estar sempre na linha da frente”, começou por dizer o autarca, antes de destacar a importância do OPL para o desenvolvimento do território e da participação ativa dos cidadãos.

“Esta 4.ª edição é a primeira deste mandato autárquico e permite-nos continuar e desafiar as pessoas a juntarem-se, a dinamizar ações e a fazerem as suas propostas, para que daqui surjam novas ideias para os espaços e para as dinâmicas do próprio concelho. É com o envolvimento de todos que conseguiremos certamente construir um melhor concelho, com mais participação daqueles que se dedicam a ele. Este é um processo dinâmico, que pretende o envolvimento do maior número de cidadãos/munícipes, independentemente da sua idade. É essa a aposta que fazemos e queremos manter por longos anos”, concluiu José Tomé.

A apresentação de resultados contou ainda com a presença do presidente da Câmara Municipal de Valongo e representante da presidência da Rede de Autarquias Participativas, José Manuel Ribeiro. O responsável elogiou o trabalho desenvolvido pelo Município da Lourinhã e afirmou que “todos os autarcas que percebem a importância de criar mecanismos de participação dos cidadãos são de facto autarcas que estão alinhados com os tempos”.

Dirigiu-se depois à plateia e incentivou à participação. “De cada vez que vos dão uma oportunidade de canalizarem as vossas ideias, mesmo que não vençam, estão a dar uma ajuda preciosa. As terras vão longe se as pessoas participarem e derem as suas ideias. Os projetos, ganhem ou não, servem para a nossa ação governativas”, destacou José Manuel Ribeiro.

Por fim, foi a vez do vereador responsável pelo projeto OPL, João Serra, deixar algumas considerações acerca desta 4.ª edição.

“Esta foi a primeira edição do OPL, depois de um ato eleitoral, onde nos comprometemos a incluir na metodologia dinâmicas que fossem ao encontro das pessoas e do tecido associativo local. Mantendo os princípios base, como a transparência, a confiança e aproximação entre cidadãos e serviços municipais, quisemos garantir que as forças vivas do nosso concelho, como é o caso das associações, pudessem participar de forma ativa neste processo”, reforçou o autarca.

Antes de serem anunciadas as propostas mais votadas, foi ainda feita uma apresentação baseada nos números de participação desta última edição, comparativamente com as anteriores. Foram apresentadas um total de 24 propostas e contabilizados 5972 votos distribuídos pelos quatro níveis orçamentais.

De seguida foi a vez de serem entregues três menções honrosas, duas delas a proponentes que apresentaram mais do que um projeto elegível – José Coutinho e Ricardo Rego – e uma ao proponente que esteve presente no maior número de sessões públicas de apresentação do OPL - ADAPECIL – Associação de Amor para a Educação dos Cidadãos Inadaptados da Lourinhã.

Por fim, foram chamados quatro proponentes dos projetos mais votados em cada nível orçamental:

No primeiro nível orçamental (até 10.000 euros)
- Ricardo Rego com o projeto “Estação de serviço de Autocaravanas no Santuário de Nª Sª da Misericórdia”.
No segundo nível orçamental (de 10.001 a 30.000 euros)
- Telma Santos, com o projeto “Casa SombraZUL”.
No terceiro nível orçamental (de 30.001 a 60.000 euros)
- Lívia Mateus, com o projeto “Parque Verde Intergeracional (parque infantil e ginásio ao ar livre)”.
No quarto nível orçamental (Associativismo)
- Catarina Teixeira Ribeiro com o Projeto “Elevar a Ginástica - Homenagem à prof. Jacinta Santos”.

As várias distinções foram entregues pelos autarcas e responsáveis presentes anunciados anteriormente e ainda pela vereadora, Carla Custódio, e pelo presidente da Assembleia Municipal, António Alberto de Carvalho Santos.



  •   Menu acessível
  • Promotor Oeste Portugal
  •   Oeste CIM
  • Co-financiamento Compete
  •   QREN
  •   União Europeia
Powered by Powered by U-LINK
2006 - 2018 © Câmara Municipal da Lourinhã - Todos os Direitos Reservados.